A Importância de um bom nome para a sua empresa

Confira dicas para batizar sua empresa de forma adequada

Empreendedoras entenderão! Quando você vai abrir sua própria empresa é difícil escolher um nome original, que passe o significado do seu trabalho e que ainda seja vendedor para o seu público. Isso acontece com todo mundo.

Mas algumas dicas são importantes para você não cair no lugar comum e conquistar o tão sonhado lugarzinho no cérebro do seu cliente. Um nome para lembrar!

Primeiramente, você deve pensar em algumas palavras-chave para definir o que é o seu negócio. Três já é um bom número de palavras para sintetizar o conceito. Depois, coloque essas palavras em post-its coloridos e comece a pensar em possibilidades diferentes. Selecione algumas que mais se encaixam com o que você imagina e que sejam diferenciadas para o seu mercado!

Depois, é importante entender se os nomes que você gosta estão liberados. É que muitas vezes os nomes já são registrados, o que pode simbolizar uma boa dor de cabeça posteriormente, inclusive com possibilidade de receber um processo! Para saber se o nome que você quer está liberado, indicamos os seguintes sites de pesquisa:

  • INPI (www.inpi.com.br): este é o site principal para pesquisa, pois mostra como andam os processos de registro de marcas e patentes. Pesquise se o nome que você deseja usar já está sendo usado por alguém!

  • Registro.br: este site mostra os registros de domínio na internet. Se sua marca tiver um site, precisará de um bom domínio para que seu público potencial consiga acessar o link.

  • Facebook: É na rede social que encontramos todas as empresas com nomes iguais ao seu. Se alguma não tiver registrado a marca e nem domínio na internet, não vai escapar de uma página no Facebook.

Conversamos com a Maria Eduarda, dona da Respira Eventos, para entender melhor como ela fez para batizar sua empresa.


"Tomei a decisão de contratar uma empresa para criar meu nome, pelo fato de eu não conseguir criar para mim. Tentei, mas vi que não ia conseguir me tirar da posição central da empresa e ser imparcial na criação, e olhar o todo”.

A Duda nos contou que não aprovou de primeira os resultados, precisou de um processo maior para a criação do nome perfeito. “O processo não foi muito extenso, logo nas outras tentativas, já tinha o nome escolhido”.

Quando perguntamos como ela fez para se “apropriar” do nome, mesmo sem ter feito parte da criação específica dele, ela nos respondeu que ficou um tempo testando o nome. Brincava em atender o telefone falando o nome da empresa e fingia estar se apresentando para as pessoas, dizendo que era proprietária da Respira Eventos. Assim, conseguiu colocar o nome no seu DNA e perceber que tinha sim, tudo a ver com sua personalidade empreendedora.

E você? Como criou o nome da sua empresa? Conta para a gente ou nos chama se você estiver em dúvida sobre o nome do seu negócio. A Desiderata cria nomes e identidades visuais para diversas empresas de mulheres por todo o RS!

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo